sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Dualidade

Ele amava demais, ela por sua vez amava, nem demais nem de menos, apenas amava.
Ele exigia a presença, ela exigia a mudança.
Ele fazia promessas, ela fazia planos.
Ele era sentimental e sonhador, ela era prática e realista.
Ele se foi e voltou, ela deixou-o ir e aceitou a volta.
Ele mostrou faces antes desconhecidas, ela também o fez.
E foi nesse momento que tudo mudou e de alguma forma eles se perderam.
Eles tentaram se reencontrar, mas foi difícil encontrar uma trilha que levasse os dois ao mesmo lugar.
Havia um obstáculo no meio de seus caminhos, e ele se chamava orgulho.
Entre todas as ciladas, esbarraram em uma das piores, o orgulho ferido.
Apesar das dificuldades, ultrapassaram as barreiras e se encontraram no final da trilha.
Ele disse que ainda amava, ela não disse nada.
Foi ai que perceberam, a jornada ainda não tinha acabado.



8 comentários:

  1. belíssimo texto, e na vida real acontece da mesma forma.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Hummm, se esse texto não for só ficção, to sentindo clima de romance no ar...

    Mas, se não for fato verídico, é certamente um lindo texto.

    A arte imita a vida, ou a vida imita a arte? ;)

    Beijão querida

    ResponderExcluir
  3. lindo de viver em ...

    beijo linda..

    ResponderExcluir
  4. Este passa a ser o meu texto favorito do blog!
    Faz totalmente juz ao nome Desejos&Poemas, simplesmente fantástico, sem mais!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo que se deram conta disso e podem ter um futuro!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Lindo seu texto Tha, como sempre, vc deveria pensar na possibilidade de um livro, não fica caro.

    E só pra esclarecer: parei de seguir vc no twitter pq acho que vc coloca links demais do seu blog lá, é legal anunciar o que escreve e tals, mas toda hora chateia um pouco, vc ja postou o link, tem dele da sua info, não precisa colocar toda hora... ainda mais uma menina como vc que é tão inteligente, querida e que sempre fala coisas legais, não entenda isso como uma ofensa, apenas uma dica, eu escrevo em blogs desde 2001 e posso dizer q muita coisa eu conheço e já vi, e já pequei em muitas coisas tbm, é normal mas pq não faz um twitter só do seu blog???

    Acho que seria mais interessante, mais pessoal por assim dizer, pense nisso... Se não gostar apenas ignore o que eu disse, só dei um toque, pois vc é do bem... E mais uma coisa - não tenho blog ou sigo alguém só pra ganhar seguidores, eu não preciso e nunca procurei isso como objetivo!

    Queria visitar todos os blogs que admiro, mas infelizmente nem sempre o tempo me ajuda com isso, me desculpa por favor qualquer coisa, vou te seguir de volta no twitter, vc é uma menina de ouro de um (aliás) varios talentos deveras admiráveis, mas pense nisso que te falei!!!

    Um Beijo

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto flor!
    Vc escreve muito bem,parabéns!
    bejussss e tenha um otimo final de semana.
    Q Deus te abençõe sempre!
    http://donaah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Passeia para matar saudade, li a poesia, gostei,
    voltarei!

    abraços

    ResponderExcluir

Obrigada pelos minutos dedicados aos meus devaneios e principalmente por comentar.
Volte sempre
;*

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...