segunda-feira, 7 de março de 2011

Mudaram as estações

O tempo lá fora não era dos mais bonitos, era tudo cinzento e frio assim como dentro dela também.
Antes ouvia ininterruptamente os batimentos acelerados do coração, agora ouvia apenas o barulho do vento.
Essa situação lhe causava certo desespero, era insuportável se sentir assim, tão sem explicação, tão seca.
Não sabia como sair desse transe, como se alegrar novamente, ver motivos para sorrir e para ter seus sentimentos novamente.
Assim como a temperatura suas vontades e anseios também oscilavam e mudavam a todo instante.
Como isso aconteceu e em que momento não sabia, mas estava acontecendo e sabia que não dependia mais só dela dar um fim a isso.
Foi quando ele reapareceu e mesmo com o tempo mais feio, com a manhã mais cinzenta, com o vento mais congelante, para ela era como se a primavera tivesse chegado e o sol tivesse feito brotar os melhores sentimentos nela.
O seu sol tinha reaparecido e por mais que as pessoas ao seu lado insistissem em dizer que o tempo não era dos melhores, que a chuva era chata, para ela tudo estava lindo novamente.
A melhor estação do ano havia chegado pra ela, era o seu amor que tinha voltado e fazia tudo radiar e florescer novamente tal como a chegada da primavera ou do verão.

Imagem por Wedson

13 comentários:

  1. O amor e sempre bom pra qualquer pessoa, nunca deixe de amor.
    Lindo texto.
    Obrigado por postar uma foto minha *-*

    ResponderExcluir
  2. Thaís...

    Li o texto e achei lindo, Mânssssssssss....
    Qdo vi a foto e a maneira com a qual tu afagou com tanto carinho o fotografo em postar sua obra que esta se sobrepôs ficando texto e foto simplesmente magníficos....

    Parabéns
    Beijo do Tatto

    ResponderExcluir
  3. Tatto meu querido *-*
    Fico feliz que tenha gostado do texto e ainda mais da junção dele com a foto!! XD

    Obrigada, beijos meu macaco preferido!

    ResponderExcluir
  4. LindÚÚÚ!
    Adorei...

    'Foi quando ele reapareceu e mesmo com o tempo mais feio, com a manhã mais cinzenta, com o vento mais congelante, para ela era como se a primavera tivesse chegado e o sol tivesse feito brotar os melhores sentimentos nela'.

    beiJO querida..

    ResponderExcluir
  5. Nada melhor do que o amor pra mudar nossa estação interior,né? Tudo fica lindo!beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  6. Sem esquecer da Xita.. é claro!!

    Feliz dia da MULHER...

    P.S. Isto parece um SPAM mas não é.. Apenas quero saudar a todas e são tantos os blogs que meus dedos pedem trégua "só hoje".. rsss

    Deusssssssssskiajude
    Abraços do Tatto

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga!
    Feliz dia da Mulher!
    Aproveitaremos!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  8. O amor, quando encontramos, assim como a primavera, floresce na gente, rejuvenesce cada lindo e puro sentimentos como se fossem flores a brotar. O Amor vem como o calor do verão, ardente, saudável, apreciável. Traz beleza, paz, felicidade, quando bem vivido, é claro.
    Belo texto, seguindo o seu blog
    Visite o meu http://manoelbritto.blogspot.com/
    Fique com Deus...

    ResponderExcluir
  9. Thais gostei muito do texto. Espero que o sol também chegue a mim rapidamente.

    *

    ResponderExcluir
  10. Lindo post...vc realmente nos envolve em seus textos...


    Parabéns!!!


    Bjussss***

    ResponderExcluir
  11. Olá..
    Trago um convite, leia minha postagem e se houver interesse participe e convide teus amigos.
    Digamos assim, Um concurso poético-interativo de nenhuma premiação nem obrigação e muito menos competitivo!.. rss

    Deusssskiajude
    Tatto

    ResponderExcluir
  12. É tão bom quando isso acontece e tão triste quando tudo dá errado e o vazio retorna. Mas nada é para sempre e temos que aprender a nos sustentar nessas horas. Feliz é quem tem alguém, forte é quem, mesmo sozinho, sabe que a felicidade não nos abandona. Precisamos, antes de TER alguém, aprendermos a SER alguém. Aí, então, nunca seremos solitários. Só é solitário quem não é solidário. Bom dia.

    ResponderExcluir
  13. Thais, fico espantado em como sua escrita se assemelha com a de uma autora que muito gosto, Nora Roberts!
    Sugiro que leia a Trilogia da Gratidão desta autora, tenho certeza que vai se identificar!
    Parabéns pelo lindo texto, beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pelos minutos dedicados aos meus devaneios e principalmente por comentar.
Volte sempre
;*

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...